TRUMP(A)

hoje é sábado 335. CADA TACO AFAGADO

cada taco afagado
untado de cera repele
a ruína
que virá

as cortinas do quarto
que alaranjam as paredes
a cama o guarda-fatos

encobrem alguma coisa má

dentro daquela gaveta
dormindo
muito bem guardado está
a ruína que virá

em toda a parte na despensa
no escritório
na varanda no vestíbulo
na garagem

dentro e fora da vedação
do quintal

a ruína, adiada, que virá
[Miguel-manso, persianas, Tinta da China, Lisboa, 2015, pág. 51]

escrito por Carlos M. E. Lopes

0 comentário(s). Ler/reagir: