TRUMP(A)

EDUCAÇÃO PARA A ABSTINÊNCIA

Ora aqui está uma ideia muito engraçada:


Além da substância (a abstinência -- de louvar, por várias razões entre as quais se destaca o acordo com a democracia cristã), há pelo menos duas razões para este querer ser engraçado:

  1. É iniciativa de jotinhas -- que toda a gente diz (erradamente, como se vê) uns debochados;
  2. Tem as cores da luta dos colégios -- o que também é louvável, dada a predominância do cristianismo democrático nos tais colégios.

Tudo em consonância, portanto.

escrito por ai.valhamedeus

1 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Nem abstinência nem "putice". Pura e simplesmente não compete à escola pública qualquer interferência na orientação sexual dos meninos e das meninas dos outros. Enquanto, claro está, os meninos e as meninas ainda "pertencerem" aos seus pais. é que a escola pública, ao contrário da privada, tem de ser laica e neutra em tudo que diga respeito à moral, aos valores, etc. é isso que vendem os democratas.