TRUMP(A)

MOINHOS DE VENTO

Recordo uma das barbaridades que o presidente do conselho proferiu ao longo destes quase 4 anos de idade sombria. Regressava ele de um safari e, aos jornalistas, perguntou se achavam bem um professor ganhar o que ganhava
(o vencimento que referiu é o ilíquido de um professor no topo da carreira)
trabalhando o que trabalha
(as horas que referiu são as horas lectivas de um professor com o mínimo de horário lectivo).
Para além de ter escolhido maliciosamente os números, o que o presidente do conselho escondeu e do que muita gente não faz ideia é o trabalho de sapa que um (bom) professor tem que fazer para além da sala de aula.

Deixo aqui 2 amostras: do trabalho de preparação de uma "feira da ladra" e da própria feira. Tema dominante: os moinhos de vento. Rapinei os vídeos de um dos blogues da Adriana, colaboradora do Ai Jesus!.



escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: