TRUMP(A)

DO CONTRA [35] google é deus

Google é deus

Google já está em todo o lado, e até já tem a sua própria religião. Segundo o Googlismo (a Igreja de Google), Google é o mais parecido com Deus, é a grande força de união entre as religiões contemporâneas do presente. Muçulmanos, cristãos, judeus e até adeptos da Cientologia, todos usam Google na sua busca dos grandes mistérios da vida, como fonte de conhecimento diária. Google é o elo de união entre as principais religiões do mundo, trazendo a esperança da paz religiosa.

E o que é que faz com que Google mereça o título de "deus"? Provas apresentadas pelos fiéis da Igreja de Google
[o termo “Google” é mais procurado que os termos “Deus”, “Jesus”, “Allah”, “Buddha”, “Christianity”, “Islam”, “Buddhism” e “Judaism” juntos]:
Prova 1: Google é omnisciente
Google sabe tudo, tem indexadas cerca de 9.500 milhões de páginas, mais do que qualquer outro motor de busca.
E, além de saber tudo, ordena essa informação através de um método próprio registado com o nome de PageRank, tornando esses dados claramente acessíveis aos restantes mortais.

Prova 2: Google é omnipresente
O motor de Google está virtualmente em todo o lado ao mesmo tempo, mediante milhares de milhões de páginas indexadas, em cada recanto da Terra. Com a proliferação das redes WI-FI, todos somos capazes de aceder a Google a partir de qualquer lugar da Terra.

Prova 3: Google responde às rezas, com milagres
Uma reza a Google, mediante uma busca consultando os teus problemas ou perguntas, será atendida com uma resposta acertada. Como exemplo, experimenta rapidamente procurar informação sobre tratamentos contra o cancro, e rapidamente terás a resposta com soluções. Pergunta a Google e deixa que ele te mostre o caminho.

Prova 4: Google é imortal
Google não pode ser considerado como uma entidade física como nós. Mas os seus algoritmos inundam vários servidores: se alguém tenta derrubar um e este cai, automaticamente outro da rede toma o seu lugar.

Prova 5: Google é infinito
Em teoria, a Internet pode crescer infinitamente, abarcar qualquer tema: Google indexará esse crescimento infinito.

Prova 6: Google lembra-se de tudo
Google lembra-se de toda e cada coisa que acontece na Internet, guarda as páginas regularmente e armazena-as na sua rede de servidores.

Prova 7: Google não é mau
Faz parte da filosofia corporativa de Google acreditar que uma empresa pode ganhar dinheiro sem provocar qualquer tipo de dano.

Prova 8: Google apresenta provas da sua existência
Há mais evidências da existência de Google do que de qualquer outra coisa no mundo.
Rezemos, pois:
Google nosso instalado por pré-definição,
santificada seja a vossa barra,

venha a nós o vosso
adsense,
seja feita a vossa busca
assim na terra como no céu.

O gmail nosso de cada dia nos dai hoje,

perdoai-nos o resto das nossas contas,

assim como nós perdoamos
às que nos oferecem,
não nos deixeis cair na tentação dos produtos da microsoft
e livrai-nos de todo o mal.
Amén.
[traduzido e adaptado daqui]

escrito por ai.valhamedeus

1 comentário(s). Ler/reagir:

vitor m disse...

E o Deus Google vai brevemente oferecer-nos mais benesses...
Com a feroz e compreensível oposição da Amazon, da Microsoft e da Yahoo (que prefiro ao Google) irá presentear-nos com TODOS os livros que existem no Planeta em formato digital e totalmente grátis. É obra! (veremos quem ganha esta guerra - se as gigantescas amazon e microsoft, se a omnipotente e divina google...)
A informação, que já corria em boato há algum tempo, acabo de ouvi-la no "e agora acontece" e é de confiança...