TRUMP(A)

CONSUMIDOR SOFRE 6. quem nos defende?

 [haverá "disto" para telefone?]

aqui me rebelei contra a publicidade não desejada feita por telefone com número anónimo. Hoje, nova chamada. De número anónimo. Atendo. Do outro lado da linha, dispara uma voz masculina simpática e decidida:

-- Boa tarde! O meu nome é Paulo M..... Estou a telefonar sobre um assunto que certamente lhe interessa: a televisão por...

Interrompo:

-- Desculpe! com quem é que o senhor deseja falar?

-- Com o assinante e proprietário deste número de telefone, certamente o senhor. Portanto, como ia dizendo...

-- Com licença, então. Desculpe, mas vou desligar.

E desliguei.

escrito por ai.valhamedeus

0 comentário(s). Ler/reagir: