TRUMP(A)

HOJE É O DIA!

Sócrates, fora!O dia de lembrar todas as maldades que este governo nos fez. Ele próprio, na pessoa da ministra da Educação, do Valter, do Pedreira. Ou do Santos que gosta de malhar na esquerda. Ou daquela directora da DREN que arquivava "tudo o que tem saído na comunicação social, nos blogues, ofícios, em tomadas de posição, em artigos de opinião" e só num ano e só na área da DREN abriu 778 processos...

Tudo coordenado pelo presidente do Conselho que se marimbou expressamente para as manifestações, mesmo quando foram o que se sabe. Que desgovernou um país que já antes da desculpa da crise tinha 2,1 milhões de pobres em cerca de 10 milhões de habitantes, enquanto o homem mais rico duplicava a sua fortuna. Um país onde a polícia visitou sedes dos sindicatos e o governo diz não haver qualquer infracção. Onde o governo fez apresentações de quadros interactivos com crianças alugadas por 30€. Onde as delações aumentaram como nunca se tinha visto. Onde, na saúde, o governo aumentou as taxas moderadores já existentes e introduziu novas taxas.

O dia de lembrar os tempos que nos mantiveram congelados. Lembrar as decisões que impedem a maioria dos professores de chegar ao topo da carreira. Os centros de saúde que fecharam. Os cintos que nos mandaram apertar enquanto os lucros das grandes empresas subiam. As medidas para baixar as pensões em 40% até 2030. Os funcionários públicos a quem foi negada a aposentação, mesmo doentes em fase crítica. Uma licenciatura em engenharia tirada ao domingo e uma coisa esquisita chamada Freeport e os sobrinhos que vão viajar. As titularidades sem jeito dos professores. As condenações em tribunal de ilegalidades como as relativas a exames do 12º ano...

O dia de acabar com isto tudo. Com o governo autor disto tudo. Com o partido que quer formar novo governo igual a este.

O dia de NÃO VOTAR PS!

escrito por ai.valhamedeus

6 comentário(s). Ler/reagir:

Anónimo disse...

Eu NÃO VOTO PS/SÓCRATES!

Mas essa treta da direita só de analfabetos...

Os 2,1 milhões de pobres vivem melhor k cubanos, eritreus, norte coreanos, vietnamitas....
apesar das ajudas k têm de petróleo quase gratuito,
dos $$$ do terrorismo islâmico para dizerem mal dos USA,
dos $$$ das FARC e tráfico da droga...

enfim, da podridão k há no planeta!!!!

Vá viver para cuba e areje o pouco Q.I. k tem
força

Ai meu Deus disse...

Mmmmmmm... "o pouco" QI que tenho... ah! tenho algum!... que bom que é saber isso!

Anónimo disse...

O PS é mau, muito mau, mau de mais... pidesco e "salazarento". Infelizmente este comportamento, tão bem documentado por quenm escreveu este texto nada diz à maioria dos portugueses que são pobres, mas não querem trabalhar...
O povo português é tolerante com a esquerda que o PS diz representar... o Santana foi posto a mexer por um presidente socialista de nome Jorge Sampaio, aliás um péssimo governante, na linha de todos os socialistas que minaram portugal nos últimos 30 e tal anos, que fez a cama a este governo "facistoide" com a promoção de uma espécie de golpe de estado constitucional... e que aconteceu... foi louvado pelo seu acto da esquerda à direita...
esse homem integro e sério que disse com o suceder das escandaleiras socráticas... nada manteve-se um indefectível apoiante... tal, ao que parece, como a maioria do povo...
Só não concordo consigo quando descasca nos ricos... o problema no nosso país não são os ricos mas sim o exército de pobres que os maus governos vão gerando... os ricos sempre vão dando emprego a uns a a outros... aliás, como sabe, há muita gente remediada que é dono dessas empresas ditas só de ricos... é isso que são as acções e as participações... esse discurso contra os ricos já está um pouco gasto e caiu por terra no momento em que os povos peferiram os modelos de economia livre aos da economia participada.
O que interessa hoje é que o Socrates seja penalizado pela má governação para ver se no futuro temos um governo que promova a riqueza e torne cada vez mais cidadãos em "ricos" de facto...
A. M.

Ai meu Deus disse...

A.M., a notícia a que se reporta isso a que chama "descascar nos ricos" está aqui:
http://aijesus.blogspot.com/2007/10/pobreza.html

A questão, aqui, é só esta: mandaram-nos apertar o cinto porque, dizia o governo, reubeubeupardaisaoninho, o défice isto e aquilo, a economia aquilo e isto, as finanças aquilo isto e não sei que mais... e depois o que é que tínhamos? a outro nível, lucros mais lucros (os bancos, a galp, a edp, etc., etc.. É ler estes "posts":
http://aijesus.blogspot.com/search/label/anda%20tudo%20mal

Eu não descasco em nada a não ser neste contrasenso -- e na mentira que ele supõe. O resto é outra coisa...

Anónimo disse...

«...para ver se no futuro temos um governo que promova a riqueza e torne cada vez mais cidadãos em "ricos" de facto...»

... que pena que A.M. não nos tenha dito qual o partido que vai fazer esse santo, melodioso e euroso milagre. Apontem-me na lista!
Se o Sócrates for castigado como merece, quem vai ocupar o lugar será a señora Dona Manuela, de um partido que ajudou a afundar tudo isto.
Das duas, três, ou nos andaram a enganar, ou a senhora, andou a enganar o seu partido, ou ela e ele querem chegar ao golpe supremo: o passo decisivo, frente ao precipício.
A minha previsão para o jogo eleitoral de hoje: ganhe quem ganhe, só mudarão as moscas...
A.L.M.

Pai Natal disse...

Ó Anónimo número um, tem vocência muita razão. Mas mesmo muita. Em Portugal todos sabemos que os nossos pobrezinhos vivem muito bem. E até nem é preciso andar para aí a arejar o IQ, porque até o governo Pobre Sócrates o sabe. Repare como se esforçaram para aumentar o seu número (o que deve satisfazer à grande o nosso vizinh A.M.). Todos os pobrezinhos do nosso país pedem ao Grande Poder que o próximo governo venha decidido a manter essa nobre política de transformar todos os portugueses em pobrezinhos e pedintes, mas honrados y felizes, porque os cubanos são uns miseráveis, os asiáticos norte-coreanos e vietnamitas uns esfomeados, para não falar nos ugandeses, ruandeses, e outros êses que tanta inveja têm dos nossos pobrezinhos.
Um reparo: não meta nisto os eritreus. Esses roeram a corda e estão-se a fazer ricos com os milhões do negócio capitalista, super liberal e altamente produtivo da pesca de barcos, propriedade dos pobrezinhos europeus.